Identificação e Enquadramento do projeto:
Aviso: POCI-60-2016-05
Projeto nº: POCI-03-3560-FSE-000265
Programa Operacional: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização
Fundo: Fundo Social Europeu
Eixo Prioritário: Promoção e sustentabilidade e da qualidade do emprego
Objetivo temático: Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade laboral
Prioridade de Investimento: Adaptação dos trabalhadores, das empresas e dos empresários à mudança;
Tipologia da operação: Formação-Ação para PME
Organismo Intermédio: CTP – Confederação do Turismo Português

Montantes Envolvidos:
Custo Total elegível: 142.796,15 €
Comparticipação FSE: 109.407,15 €
Data de Início do projecto: Maio 2017
Data de Fim do projeto: Maio 2018

Síntese do projeto:
O projecto destina-se a elevar a capacidade competitiva das micro e PME, do sector do turismo, mediante um conjunto integrado de acções de formação e formação-ação que visam, a curto, médio e longo prazo, proporcionar um melhor desempenho das mesmas, através da optimização de metodologias e processos de modernização e inovação. O projecto tem como destinatárias 20 micro empresas com menos de 10 trabalhadores.

Descrição e objetivos do Projeto:
O Programa visa uma intervenção estruturada em conjuntos de PME às quais apresenta soluções comuns e coerentes face a problemas e oportunidades a explorar no quadro dessas empresas. Os objectivos gerais do Programa, entre outros, são os de aumentar a capacidade de gestão das empresas participantes com o objectivo de promover a reorganização, a inovação e a mudança, bem como a qualificação dos seus recursos humanos em domínios relevantes.

  • Melhoria dos processos de gestão das micro, pequenas e médias empresas e reforço das competências dos seus quadros e trabalhadores;
  • Promoção da formação orientada para o apoio ao desenvolvimento organizacional;
  • Promoção do desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas, através do desenvolvimento de ações que promovam a otimização de metodologias e processos de modernização e inovação ao nível da gestão.
  • Melhoria dos processos de gestão, marketing e publicidade das empresas do sector do turismo;

Metodologia de Formação-Ação:
A formação-ação é uma intervenção com aprendizagem em contexto organizacional e que mobiliza e internaliza competências com vista à persecução de resultados suportados por uma determinada estratégia de mudança empresarial. Os tempos de formação e de ação surgem sobrepostos e a aprendizagem vai sendo construída através do desenvolvimento das interações orientadas para os saberes-fazer técnicos e relacionais. Trata-se assim de uma metodologia que implica a mobilização em alternância das vertentes de formação (em sala) e de consultoria (on the job).

O projeto será desenvolvido entre 2017 e 2018, com a duração máxima de 12 meses, de acordo com o seguinte padrão:

Dimensão da Empresa Regime Nº de trabalhadores a abranger por empresa Horas de Formação-Ação Total
Formação Consultoria Nº de Horas de Formação Nº de Horas de Consultoria
Micro Empresas até 10 colaboradores INTER 2 1 80 120 200

 

Áreas Temáticas do Projeto:

  • Gestão Estratégica
  • Gestão Administrativa e Financeira
  • Gestão de Equipas de Trabalho
  • Gestão Administrativa e Financeira
  • Marketing e publicidade
  • Estratégias de internacionalização
  • Qualidade de serviço na hotelaria, restauração e turismo
  • Protecção Ambiental

Financiamento:
Auxilio de Minimis. O apoio a conceder tem a contribuição do FSE limitada a 90 % das despesas elegíveis.

Aceda ao site do Melhor Turismo 2020 para todas as informações http://www.ctp.org.pt/melhorturismo2020/