​​​Gerida pela PME Investimentos em articulação com o Sistema Nacional de Garantia Mútua e em parceria com várias instituições de crédito, foi apresentada em julho de 2018 a Linha de Crédito Capitalizar 2018.

Com uma dotação de 1.600 milhões de euros, esta Linha de Crédito, dirigida preferencialmente a PME, estrutura-se em cinco Linhas específicas:

Linha "Micro e Pequenas Empresas"

Dotação: 450 milhões de euros

Objetivo: Facilitar o acesso a financiamento para investir em ativos e reforçar o capital das Micro e Pequenas Empresas.

Linha "Indústria 4.0 – Apoio à Digitalização"

Dotação: 100  milhões de euros

Objetivo: Melhorar o acesso ao crédito por parte de empresas que desenvolvam, produzam ou adquiram soluções tecnológicas no âmbito da Indústria 4.0.

Linha "Fundo de Maneio"

Dotação: 700 milhões de euros

Objetivo: Financiar as necessidades de fundo de maneio das empresas.

Linha "Plafond de Tesouraria"

Dotação: 150 milhões de euros

Objetivo: Conferir maior flexibilidade à gestão corrente de tesouraria.

Linha "Investimento"

Dotação: 200 milhões de euros, dos quais:

_ Dotação "Projetos 2020": 100 milhões de euros para operações de financiamento de despesas elegíveis de projetos aprovados e contratados no âmbito do Portugal 2020.

_ Dotação "Geral": 100 milhões de euros para operações destinadas ao financiamento de investimento novo em ativos fixos corpóreos ou incorpóreos e aquisição de partes sociais que complementem a atividade.

Disponível nos Bancos aderentes, a Linha de Crédito Capitalizar permite aceder a financiamento em condições vantajosas, propondo montantes entre 50 mil euros e 2 milhões de euros por empresa e prazos de amortização entre 3 e 10 anos.

O processo de candidatura é iniciado junto de uma das instituições de crédito protocoladas.

Linha de Crédito Capitalizar 2018